♫AMIGOS DO AFRO CORPOREIDADE♫

segunda-feira, 8 de março de 2010

*FÊMEA-FÊNIX - Poema da Professora Conceição Evaristo Para Saudar Mais Um dos Nossos Dias!*

Caros Amigos, é com prazer que comemoro este dia através das palavras da minha querida professora Conceição Evaristo, um exemplo de mulher, amiga, profissional, mãe e de ser humano!
Nesta foto estou de blusa vermelha ao lado da profª Conceição Evaristo, de vestido laranja no centro da foto. Este é o Grupo de Teatro do Oprimido de Guiné Bissau, o qual tivemos o prazer de assistir juntas em Julho de 2009 além da compania de mais dois amigos da pós em cultura africana e afro-brasileira. (Bons Momentos!)

FÊMEA - FÊNIX (Profª Drª Conceição Evaristo)
Navego-me eu–mulher e não temo,
sei da falsa maciez das águas
e quando o receio
me busca, não temo o medo,
sei que posso me deslizar
nas pedras e me sair ilesa,
com o corpo marcado pelo olor
da lama.

Abraso-me eu-mulher e não temo,
sei do inebriante calor da queima
e quando o temor
me visita, não temo o receio,
sei que posso me lançar ao fogo
e da fogueira me sair inunda,
com o corpo ameigado pelo odor
da chama.

Deserto-me eu-mulher e não temo,
sei do cativante vazio da miragem,
e quando o pavor
em mim aloja, não temo o medo,
sei que posso me fundir ao só,
e em solo ressurgir inteira
com o corpo banhado pelo suor
da faina.

Vivifico-me eu-mulher e teimo,
na vital carícia de meu cio,
na cálida coragem de meu corpo,
no infindo laço da vida,
que jaz em mim
e renasce flor fecunda.
Vivifico-me eu-mulher.
Fêmea. Fênix. Eu fecundo.
Conceição Evaristo- Março/2007

FELIZ DIA INTERNACIONAL DA MULHER!!!


11 comentários:

jader resende disse...

Parabéns Denise.
Além de ser uma grande amiga é uma grande lutadora.
Um grande abraço.

Denise Guerra disse...

Obrigada Jader! Tenha uma ótima semana! Abraços!

Célia disse...

Maravilhoso poema, Denise! Nota-se que são palavras de uma mulher exemplar.
PARABÉNS pelo Dia da Mulher, nosso dia especial, e que ele seja marcado por bons momentos e coisas boas!
Te admiro muito, muito!
Beijoss

lucidreira disse...

Nós brasileiros gritamos, berramos, falamos para todos ouvirem o "Eco" da igualdade de todo o tipo inclusive da discriminação contra as mulheres, mas temos uma enxourada de acendencias de mulheres em nosso pais, e, referencio mais uma na qual destaca neste poster, a profa. marece essa homenágem. A sua petíca é brilhante
Parabéns.

Ricardo Riso disse...

Ótima escolha esse belo poema da Conceição, Denise! Parabéns pelo dia de hoje!!
bjs

Meias de Seda (Suzy) disse...

Parabéns à Professora Conceição Evaristo, pelo belo texto, e à você, Denise, por dividí-lo conosco.
Um viva a nós mulheres, que precisamos nos reinventar todos os dias para sobreviver nesse mundo, ainda, predominantemente machista.

Bjoks ;)

Rita Cidreira disse...

Que coisa mais linda e real!
Viva a força da Mulher, querreira com sua constância luta da transformação da integração social.
Viva eu, você e todas as mulheres.
Bijos no coração.

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Denise
Um belo poema.
Parabéns pelo seu dia. Sucesso sempre.
Beijos

Guará Matos disse...

Bravo!
Plac! Plac! Plac!
Bjs.

Denise Guerra disse...

Rapazes: Guará, Lucidreira, Ricardo e Wanderley agradeço de coração a constante presença, as doces palavras e a sensibilidade a flor da pele ao comentarem sobre o poema da minha professora e o dia internacional da mulher!Um beijo no coração de cada um!

Denise Guerra disse...

Minhas queridas: Célia, Suzy e Rita, que bom que podemos compartilhar este dia com um poema de uma mulher maravilhosa. agradeço imensamente a delicadeza dos comentários! Desejo a todas um ótimo dia Internacional da mulher, especialmente com saúde pra que agente continue na luta do dia a dia! beijos no coração!

♫ESCOLA DE MÚSICA PENTAGRAMA♫ Direção Mapinha * Músico-Professor♫

♫ESCOLA DE MÚSICA PENTAGRAMA♫ Direção Mapinha * Músico-Professor♫
♫VIOLÃO * CAVAQUINHO * GUITARRA * BAIXO * FLAUTA * SAXOFONE * TROMPETE * TROMBONE * CLARINETE * GAITA * PIANO * TECLADO * CANTO * BATERIA * PERCUSSÃO GERAL♫ RUA IGARATÁ, Nº566 - MARECHAL HERMES - Rio de Janeiro* TEL(S):3456-1510/8133-3559* www.empentagrama.kit.net

*Registrado no Creative Commons*

Licença Creative Commons
Afro-Corporeidade e Africanidades de Denise Guerra dos Santos é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Unported.
Based on a work at afrocorporeidade.blogspot.com.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://afrocorporeidade.blogspot.com.

*FRUTOS DA DIÁSPORA AFRICANA*

*ACESSE http://www.africaeafricanidades.com.br*

*ACESSE  http://www.africaeafricanidades.com.br*

*"Capoeira é de Todos e de Deus. Mundo e gentes têm mandinga, Corpo tem Poesia, Capoeira tem Axé"*

*"Capoeira é de Todos e de Deus. Mundo e gentes têm mandinga, Corpo tem Poesia, Capoeira tem Axé"*
*Frase do Livro "Feijoada no Paraíso" Besouro*
Related Posts with Thumbnails

♫SUGESTÕES BIBLIOGRÁFICAS♫

  • *CASCUDO, Luís da Câmara. Dicionário do Folclore Brasileiro. 6ª edição. Belo Horizonte: Itatiaia, 1988.
  • *COSTA, Clarice Moura. O Despertar para o outro: Musicoterapia. São Paulo: Summus Editorial, 1989.
  • * FREGTMAN, Carlos Daniel. Corpo, Música e Terapia. São Paulo: Editora Cultrix Ltda,1989.
  • *EVARISTO, Conceição. Ponciá Vicêncio. Belo Horizonte: Mazza Edições, 2003.
  • * FREYRE, Gilberto. Casa grande e Senzala. 50ª edição. São Paulo: Global Editora, 2005.
  • *HOBSBAWN, Eric J. História Social do Jazz. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1990.
  • *LOPES, Nei. Bantos, Malês e Identidade Negra. Belo Horizonte: Autêntica, 2006.
  • *_________. Dicionário Escolar Afro-Brasileiro. São Paulo: Selo Negro, 2006.
  • *_________. Enciclopédia Brasileira da Diáspora Africana. São Paulo: Selo Negro, 2004.
  • *_________. O Negro no Rio de Janeiro e sua Tradição Musical: Partido Alto, Calango, Chula e outras Cantorias. Rio de Janeiro: Pallas, 1992.
  • PEREIRA, José Maria Nunes. África um Novo Olhar. Rio de Janeiro: CEAP, 2006.
  • *RAMOS, Arthur. O Folclore Negro do Brasil. São Paulo: Martins Fontes, 2007.
  • *ROCHA, Rosa M. de Carvalho. Almanaque Pedagógico Afro-Brasileiro: Uma proposta de intervenção pedagógica na superação do racismo no cotidiano escolar. Belo Horizonte: Mazza Edições, 2006.
  • *___________. Educação das Relações Étnico-Raciais: Pensando referenciais para a organização da prática pedagógica. Belo Horizonte: Mazza Edições, 2007.
  • *ROSA, Sônia. CAPOEIRA(série lembranças africanas). Rio de Janeiro: Pallas, 2004.
  • *__________. JONGO(série lembranças africanas). Rio de Janeiro: Pallas, 2004.
  • *___________. MARACATU(série lembranças africanas). Rio de Janeiro: Pallas, 2004.
  • *SANTOS, Inaicyra Falcão. Corpo e Ancestralidade: Uma proposta pluricultural de dança-arte-educação. São Paulo: Terceira Margem, 2006.
  • *SODRÉ, Muniz. Samba o Dono do Corpo. Rio de Janeiro: Mauad, 1998.
  • TINHORÃO, José Ramos. Música Popular Brasileira de Índios, Negros e Mestiços.RJ: Vozes, 1975.
  • _________ Os sons dos negros no Brasil. São Paulo: Art Editora, 1988.