♫AMIGOS DO AFRO CORPOREIDADE♫

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

*NATAL AFRO-BRASILEIRO representado por uma escola pública de Contagem*

*Professor e alunos da E.M. Eduarda Pereira de Oliveira - Contagem - MG*

*NATAL AFRO-BRASILEIRO representado por uma escola pública de Contagem*
Com enfoque na lei 10.639/2003, que institui o estudo da História da África e dos Afro-brasileiros no ensino do país, Contagem apresenta seu "Natal Afro-brasileiro", através de uma releitura do presépio cristão, composto por personagens que contribuíram para a formação de nossa identidade cultural e étnica e das tradições africanas.

A releitura do presépio foi idealizada pelo contador de histórias Uraci Micael e executado pelo professor de Arte José Geraldo Campos (Zeka), da E.M. "Eduarda Pereira de Oliveira", bairro Campo Alto, juntamente com as professoras Maria Marildeth, Valéria de Freitas, Mônica de Oliveira, Junia Aparecida, Maria Auxiliadora (Dora) Supervisora Pedagógica e os alunos do 3° ano do 1º ciclo e 1° ano do 2° ciclo.

Personagens
Várias técnicas foram utilizadas para a montagem do presépio, que mede 40 cm x 70 cm, dando vida e característica própria a cada um dos personagens: colagem, modelagem, pintura e montagem, com a utilização de materiais alternativos, tais como sementes, argila, conchas, tecido, arame, madeira, barbante, tinta, entre outros.

Os personagens representados são o "Menino Deus", que representa as crianças negras deste país na expectativa de melhores condições sociais; "Maria" - as ialorixás, com sua fé, seu canto e sua força. "José" representa os sambistas que resistiram ao preconceito social e a repressão policial (homenagem aos sambistas da Velha Guarda, aos contemporâneos, aos anônimos, dos bares, quintais, esquinas e famílias).

Os "Reis Magos" representam os capoeiristas "Mestre Bimba", "Mestre Pastinha" precursores da capoeira de resistência, bem como os contemporâneos "Mestre Dunga", "Mestre Tito", "Cobra Mansa" e tantos outros capoeiristas espalhados pelo Brasil. O "congadeiro" simboliza a fé e a tradição na figura de "Arthur Camilo" patriarca da comunidade dos Arturos e também a contemporaneidade de Maurício Tizumba, os poetas Sérgio Pererê, Sassá, Santone Lobato e a poética de seus tambores.

Completando este presépio sincrético, há ainda as figuras do "cachorro", que representa a fidelidade ao homem e a "Igreja Matriz de São Gonçalo", que é um local de fé e acolhimento. 

*Pena não ter mais fotos deste trabalho maravilhoso!!! PARABÉNS à Escola Municipal Eduarda Pereira de Oliveira de Contagem MG.


*Fonte

Nenhum comentário:

♫ESCOLA DE MÚSICA PENTAGRAMA♫ Direção Mapinha * Músico-Professor♫

♫ESCOLA DE MÚSICA PENTAGRAMA♫ Direção Mapinha * Músico-Professor♫
♫VIOLÃO * CAVAQUINHO * GUITARRA * BAIXO * FLAUTA * SAXOFONE * TROMPETE * TROMBONE * CLARINETE * GAITA * PIANO * TECLADO * CANTO * BATERIA * PERCUSSÃO GERAL♫ RUA IGARATÁ, Nº566 - MARECHAL HERMES - Rio de Janeiro* TEL(S):3456-1510/8133-3559* www.empentagrama.kit.net

*Registrado no Creative Commons*

Licença Creative Commons
Afro-Corporeidade e Africanidades de Denise Guerra dos Santos é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Unported.
Based on a work at afrocorporeidade.blogspot.com.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://afrocorporeidade.blogspot.com.

*FRUTOS DA DIÁSPORA AFRICANA*

*ACESSE http://www.africaeafricanidades.com.br*

*ACESSE  http://www.africaeafricanidades.com.br*

*"Capoeira é de Todos e de Deus. Mundo e gentes têm mandinga, Corpo tem Poesia, Capoeira tem Axé"*

*"Capoeira é de Todos e de Deus. Mundo e gentes têm mandinga, Corpo tem Poesia, Capoeira tem Axé"*
*Frase do Livro "Feijoada no Paraíso" Besouro*
Related Posts with Thumbnails

♫SUGESTÕES BIBLIOGRÁFICAS♫

  • *CASCUDO, Luís da Câmara. Dicionário do Folclore Brasileiro. 6ª edição. Belo Horizonte: Itatiaia, 1988.
  • *COSTA, Clarice Moura. O Despertar para o outro: Musicoterapia. São Paulo: Summus Editorial, 1989.
  • * FREGTMAN, Carlos Daniel. Corpo, Música e Terapia. São Paulo: Editora Cultrix Ltda,1989.
  • *EVARISTO, Conceição. Ponciá Vicêncio. Belo Horizonte: Mazza Edições, 2003.
  • * FREYRE, Gilberto. Casa grande e Senzala. 50ª edição. São Paulo: Global Editora, 2005.
  • *HOBSBAWN, Eric J. História Social do Jazz. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1990.
  • *LOPES, Nei. Bantos, Malês e Identidade Negra. Belo Horizonte: Autêntica, 2006.
  • *_________. Dicionário Escolar Afro-Brasileiro. São Paulo: Selo Negro, 2006.
  • *_________. Enciclopédia Brasileira da Diáspora Africana. São Paulo: Selo Negro, 2004.
  • *_________. O Negro no Rio de Janeiro e sua Tradição Musical: Partido Alto, Calango, Chula e outras Cantorias. Rio de Janeiro: Pallas, 1992.
  • PEREIRA, José Maria Nunes. África um Novo Olhar. Rio de Janeiro: CEAP, 2006.
  • *RAMOS, Arthur. O Folclore Negro do Brasil. São Paulo: Martins Fontes, 2007.
  • *ROCHA, Rosa M. de Carvalho. Almanaque Pedagógico Afro-Brasileiro: Uma proposta de intervenção pedagógica na superação do racismo no cotidiano escolar. Belo Horizonte: Mazza Edições, 2006.
  • *___________. Educação das Relações Étnico-Raciais: Pensando referenciais para a organização da prática pedagógica. Belo Horizonte: Mazza Edições, 2007.
  • *ROSA, Sônia. CAPOEIRA(série lembranças africanas). Rio de Janeiro: Pallas, 2004.
  • *__________. JONGO(série lembranças africanas). Rio de Janeiro: Pallas, 2004.
  • *___________. MARACATU(série lembranças africanas). Rio de Janeiro: Pallas, 2004.
  • *SANTOS, Inaicyra Falcão. Corpo e Ancestralidade: Uma proposta pluricultural de dança-arte-educação. São Paulo: Terceira Margem, 2006.
  • *SODRÉ, Muniz. Samba o Dono do Corpo. Rio de Janeiro: Mauad, 1998.
  • TINHORÃO, José Ramos. Música Popular Brasileira de Índios, Negros e Mestiços.RJ: Vozes, 1975.
  • _________ Os sons dos negros no Brasil. São Paulo: Art Editora, 1988.