♫AMIGOS DO AFRO CORPOREIDADE♫

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

♫LUDOMOTRICIDADE: A Essência Ancestral de Pertencimento Coletiva e Individual no Cantar, Dançar e Brincar!♫

*Por Denise Guerra*

A ludomotricidade é uma abordagem teórico-prático dentro da psicomotricidade. Propõe uma análise filosófica, antropossociológica, o estudo do homem na sua relação consigo mesmo, e na transformação do meio através do comportamento motor típico das atividades lúdicas. Estuda o jogo, o esporte, a dança, o folclore, a brincadeira, a festa e o divertimento como elementos de diferentes culturas, capazes de intervir na experiência corporal e na formação da consciência e do desenvolvimento humano. Preocupa-se com a alegria e o prazer, resultantes das atividades lúdicas que liberam emoções e sentimentos regulando as condutas humanas.


Mediante a ludomotricidade entende-se que o folclore oferece uma riqueza ímpar de estímulos próprios às vivências simbólicas, morais e de inserção no inconsciente coletivo nacional e ancestral. A dança é a arte que utiliza o corpo em movimento como um meio de expressão, comunicação e criação. As atividades rítmicas e expressivas das brincadeiras, incluindo as manifestações da cultura corporal, tem como características comuns a intenção de expressar e comunicar através de gestos. A presença dos elementos sonoros como referência para o movimento corporal, dão suporte às propostas com danças, brincadeiras do folclore, movimentos corporais criativos, improvisações, experimentações e construções do pertencimento e da imagem corporal individuais e coletivas.


No encontro de múltiplos saberes, a ludomotricidade é uma parte da psicomotricidade que se utiliza do corpo, do ludus e suas implicações, propondo um equilíbrio entre as estruturas psicomotoras, através do suporte ao movimento expressivo, a inteligência e o afeto. Dispõe-se então de um mosaico de estratégias como o jogo, o esporte, a dança, a brincadeira, o folclore, a festa, o divertimento etc, onde o corpo é o veículo dinâmico do ser, valorizando o indivíduo em sua totalidade de movimentos e expressões, principalmente em sua individualidade, potencialidade, pertencimento, ancestralidade e coletividade.


A ludomotricidade pode ser inserida em contextos educativos e ou terapêuticos como parte do atendimento psicomotor. O relacionamento educador-educando, ou terapeuta-paciente deve ser pautado numa relação de ajuda em que o psicomotricista atue como facilitador do processo de desenvolvimento do outro. Seu objeto de estudo “corpo movimento” pressupõe o respeito à liberdade de expressão, da espontaneidade à construção do sujeito que brincando, dançando, jogando, cantando e improvisando poderá inventar o prazer de ser feliz!


*Fotos do amigo blogueiro Fotógrafo Gonçalo Afonso Dias - Crianças de Luanda-Angola: http://gonçaload-artes.blogspot.com/

4 comentários:

Guará Matos disse...

Quer dizer que as pessoas podem criar seus instantes de felicidade. Pelo pensamento e ações. Bem orientadas os bons momentos estarão presentes e sempre.
Bjs.

Denise Guerra disse...

Tem Razão meu querido! Você é dez!

Meias de Seda (Suzy) disse...

Nunca foi tão fácil ser feliz...rs
Nada como a dança e a música para espantar o estresse.

Denise, nem sei como agradecer por tantos comentários enriquecedores que tem deixado lá no blog. Você é show!
Publicamos hoje o seu artigo. Depois veja se está td certinho.
Eu amo música e dança, apesar de não ser tão boa dançarina como gostaria...rs

Beijos ;)

Denise Guerra disse...

Oi Suzy, obrigada pela presença! A grande essência da vida é vivê-la com prazer e nada como dançar, cantar e brincar p/ nos levar ao máximo do prazer de viver. Ficou ótimo a postagem de vcs, muito obrigada! Espero que tenhamos muitas parcerias. Bjs!

♫ESCOLA DE MÚSICA PENTAGRAMA♫ Direção Mapinha * Músico-Professor♫

♫ESCOLA DE MÚSICA PENTAGRAMA♫ Direção Mapinha * Músico-Professor♫
♫VIOLÃO * CAVAQUINHO * GUITARRA * BAIXO * FLAUTA * SAXOFONE * TROMPETE * TROMBONE * CLARINETE * GAITA * PIANO * TECLADO * CANTO * BATERIA * PERCUSSÃO GERAL♫ RUA IGARATÁ, Nº566 - MARECHAL HERMES - Rio de Janeiro* TEL(S):3456-1510/8133-3559* www.empentagrama.kit.net

*Registrado no Creative Commons*

Licença Creative Commons
Afro-Corporeidade e Africanidades de Denise Guerra dos Santos é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Unported.
Based on a work at afrocorporeidade.blogspot.com.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://afrocorporeidade.blogspot.com.

*FRUTOS DA DIÁSPORA AFRICANA*

*ACESSE http://www.africaeafricanidades.com.br*

*ACESSE  http://www.africaeafricanidades.com.br*

*"Capoeira é de Todos e de Deus. Mundo e gentes têm mandinga, Corpo tem Poesia, Capoeira tem Axé"*

*"Capoeira é de Todos e de Deus. Mundo e gentes têm mandinga, Corpo tem Poesia, Capoeira tem Axé"*
*Frase do Livro "Feijoada no Paraíso" Besouro*
Related Posts with Thumbnails

♫SUGESTÕES BIBLIOGRÁFICAS♫

  • *CASCUDO, Luís da Câmara. Dicionário do Folclore Brasileiro. 6ª edição. Belo Horizonte: Itatiaia, 1988.
  • *COSTA, Clarice Moura. O Despertar para o outro: Musicoterapia. São Paulo: Summus Editorial, 1989.
  • * FREGTMAN, Carlos Daniel. Corpo, Música e Terapia. São Paulo: Editora Cultrix Ltda,1989.
  • *EVARISTO, Conceição. Ponciá Vicêncio. Belo Horizonte: Mazza Edições, 2003.
  • * FREYRE, Gilberto. Casa grande e Senzala. 50ª edição. São Paulo: Global Editora, 2005.
  • *HOBSBAWN, Eric J. História Social do Jazz. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1990.
  • *LOPES, Nei. Bantos, Malês e Identidade Negra. Belo Horizonte: Autêntica, 2006.
  • *_________. Dicionário Escolar Afro-Brasileiro. São Paulo: Selo Negro, 2006.
  • *_________. Enciclopédia Brasileira da Diáspora Africana. São Paulo: Selo Negro, 2004.
  • *_________. O Negro no Rio de Janeiro e sua Tradição Musical: Partido Alto, Calango, Chula e outras Cantorias. Rio de Janeiro: Pallas, 1992.
  • PEREIRA, José Maria Nunes. África um Novo Olhar. Rio de Janeiro: CEAP, 2006.
  • *RAMOS, Arthur. O Folclore Negro do Brasil. São Paulo: Martins Fontes, 2007.
  • *ROCHA, Rosa M. de Carvalho. Almanaque Pedagógico Afro-Brasileiro: Uma proposta de intervenção pedagógica na superação do racismo no cotidiano escolar. Belo Horizonte: Mazza Edições, 2006.
  • *___________. Educação das Relações Étnico-Raciais: Pensando referenciais para a organização da prática pedagógica. Belo Horizonte: Mazza Edições, 2007.
  • *ROSA, Sônia. CAPOEIRA(série lembranças africanas). Rio de Janeiro: Pallas, 2004.
  • *__________. JONGO(série lembranças africanas). Rio de Janeiro: Pallas, 2004.
  • *___________. MARACATU(série lembranças africanas). Rio de Janeiro: Pallas, 2004.
  • *SANTOS, Inaicyra Falcão. Corpo e Ancestralidade: Uma proposta pluricultural de dança-arte-educação. São Paulo: Terceira Margem, 2006.
  • *SODRÉ, Muniz. Samba o Dono do Corpo. Rio de Janeiro: Mauad, 1998.
  • TINHORÃO, José Ramos. Música Popular Brasileira de Índios, Negros e Mestiços.RJ: Vozes, 1975.
  • _________ Os sons dos negros no Brasil. São Paulo: Art Editora, 1988.