♫AMIGOS DO AFRO CORPOREIDADE♫

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

♫POEMA DE ANO NOVO - PARA LEVAR A NOITE DA VIRADA NA FLAUTA♫

*POEMA DE ANO NOVO (Autor Desconhecido)*
Fazer da areia, terra e água uma canção

Depois, moldar de vento a flauta que há de espalhar esta canção

Por fim tecer de amor lábios e dedos que a flauta animarão

E a flauta, sem nada mais que puro som

Envolverá o sonho da canção por todo o sempre, neste mundo.

*Fonte: http://images.google.com - Candido Portinari "O Flautista"

6 comentários:

Guará Matos disse...

Feliz Ano Novo.
Mas eu gostaria que pudessemos desejar com sentimentos verdadeiros através do instrumento mais perfeito que são as nossas cordas vocais, que emitem os sons por nossas bocas.
FELIZ ANO NOVO!!!!

Denise Guerra disse...

Valeu Guará! Isso seria ótimo mesmo! A net vai apaziguando nossos desejos enquanto não os tornamos realidade. Mas, a flauta é tocada com o sopro que vem dos nossos pulmões e é linda, era o instrumento que eu tocava, por isso escolhi esta mensagem. Bjs! FELIZ ANO NOVO!

Guará Matos disse...

Eu também sempre gostei de flauta.
Nos meus tempos da Escola Municipal Expedicionário Aquino de Araujo (eu era feliz e não sabia), no Bairro da Vila São Luiz em Duque de Caxias, eu já gostava desse instrumento. Tive uma "doce" e depois comprei um pífaro e tenho até hoje. Mas durante entre uma e outra, fazia de canos de PVC.

Como adoro pesquisar pelos cantos a fora e a dentro também, achei um poema de autoria de Jorge Linhaça/ http://amizadepoesia.wordpress.com/
e lhe repasso com meu extremo carinho.
_____

A FLAUTA DO AMOR

Tocas a flauta d’amor
numa linda melodia
sinto no peito o calor
desperta minh’alegria

Bálsamo restaurador
afastando a agonia
Tocas a flauta d’amor
numa linda melodia

Sou assim um viajor
nas notas da sinfonia
tocada com teu fervor.
Ao amanhecer do dia:
Tocas a flauta d’amor

Jorge Linhaça
_____
Beijos.

Denise Guerra disse...

Guará querido! MUITO OBRIGADA! AMEI!!! BJS!!

Dona Preta disse...

Muito,muito,muito lindo mesmos eu blog moça... mais um alainaça afro que faz efeito. posso roubar algumas coisas do seu blog? Posso? posso?? Estou te devendo uma postagem aqui e nada melhor que ser nas vesperas de um ano que estar por vir.Parabéns e continui emanando seu axé!!!

Denise Guerra disse...

Olá Dona Preta, Seja Bem-vinda, obrigada pelos seus carinhosos comentários! Fique a vontade e pode pegar o que quiser. Volte sempre e vamos trocar figurinhas! Bjs!

♫ESCOLA DE MÚSICA PENTAGRAMA♫ Direção Mapinha * Músico-Professor♫

♫ESCOLA DE MÚSICA PENTAGRAMA♫ Direção Mapinha * Músico-Professor♫
♫VIOLÃO * CAVAQUINHO * GUITARRA * BAIXO * FLAUTA * SAXOFONE * TROMPETE * TROMBONE * CLARINETE * GAITA * PIANO * TECLADO * CANTO * BATERIA * PERCUSSÃO GERAL♫ RUA IGARATÁ, Nº566 - MARECHAL HERMES - Rio de Janeiro* TEL(S):3456-1510/8133-3559* www.empentagrama.kit.net

*Registrado no Creative Commons*

Licença Creative Commons
Afro-Corporeidade e Africanidades de Denise Guerra dos Santos é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Unported.
Based on a work at afrocorporeidade.blogspot.com.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://afrocorporeidade.blogspot.com.

*FRUTOS DA DIÁSPORA AFRICANA*

*ACESSE http://www.africaeafricanidades.com.br*

*ACESSE  http://www.africaeafricanidades.com.br*

*"Capoeira é de Todos e de Deus. Mundo e gentes têm mandinga, Corpo tem Poesia, Capoeira tem Axé"*

*"Capoeira é de Todos e de Deus. Mundo e gentes têm mandinga, Corpo tem Poesia, Capoeira tem Axé"*
*Frase do Livro "Feijoada no Paraíso" Besouro*
Related Posts with Thumbnails

♫SUGESTÕES BIBLIOGRÁFICAS♫

  • *CASCUDO, Luís da Câmara. Dicionário do Folclore Brasileiro. 6ª edição. Belo Horizonte: Itatiaia, 1988.
  • *COSTA, Clarice Moura. O Despertar para o outro: Musicoterapia. São Paulo: Summus Editorial, 1989.
  • * FREGTMAN, Carlos Daniel. Corpo, Música e Terapia. São Paulo: Editora Cultrix Ltda,1989.
  • *EVARISTO, Conceição. Ponciá Vicêncio. Belo Horizonte: Mazza Edições, 2003.
  • * FREYRE, Gilberto. Casa grande e Senzala. 50ª edição. São Paulo: Global Editora, 2005.
  • *HOBSBAWN, Eric J. História Social do Jazz. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1990.
  • *LOPES, Nei. Bantos, Malês e Identidade Negra. Belo Horizonte: Autêntica, 2006.
  • *_________. Dicionário Escolar Afro-Brasileiro. São Paulo: Selo Negro, 2006.
  • *_________. Enciclopédia Brasileira da Diáspora Africana. São Paulo: Selo Negro, 2004.
  • *_________. O Negro no Rio de Janeiro e sua Tradição Musical: Partido Alto, Calango, Chula e outras Cantorias. Rio de Janeiro: Pallas, 1992.
  • PEREIRA, José Maria Nunes. África um Novo Olhar. Rio de Janeiro: CEAP, 2006.
  • *RAMOS, Arthur. O Folclore Negro do Brasil. São Paulo: Martins Fontes, 2007.
  • *ROCHA, Rosa M. de Carvalho. Almanaque Pedagógico Afro-Brasileiro: Uma proposta de intervenção pedagógica na superação do racismo no cotidiano escolar. Belo Horizonte: Mazza Edições, 2006.
  • *___________. Educação das Relações Étnico-Raciais: Pensando referenciais para a organização da prática pedagógica. Belo Horizonte: Mazza Edições, 2007.
  • *ROSA, Sônia. CAPOEIRA(série lembranças africanas). Rio de Janeiro: Pallas, 2004.
  • *__________. JONGO(série lembranças africanas). Rio de Janeiro: Pallas, 2004.
  • *___________. MARACATU(série lembranças africanas). Rio de Janeiro: Pallas, 2004.
  • *SANTOS, Inaicyra Falcão. Corpo e Ancestralidade: Uma proposta pluricultural de dança-arte-educação. São Paulo: Terceira Margem, 2006.
  • *SODRÉ, Muniz. Samba o Dono do Corpo. Rio de Janeiro: Mauad, 1998.
  • TINHORÃO, José Ramos. Música Popular Brasileira de Índios, Negros e Mestiços.RJ: Vozes, 1975.
  • _________ Os sons dos negros no Brasil. São Paulo: Art Editora, 1988.